Participação na Saúde Line TV - Alessandra Rigazzo

no dia 18 de agosto de 2016

Fui convidada para ser a primeira entrevistada no programa "De mãe para mãe" da minha amiga Cristina Cardoso.

Foi com muita alegria (e coragem...haha) que participei da gravação do episódio piloto, o primeiro dia de gravação da série de programas dessa minha amiga como apresentadora.

Nós duas estávamos um pouco tensas com a situação desconhecida, mas totalmente dispostas a encarar o desafio (aliás, essa coisa de encarar novos desafios é a nossa cara!).

Trata-se de um programa direcionado a mães, que abordará os mais diversos assuntos dentro do universo materno. O programa faz parte da grade da Saúde Line TV, presente em algumas cidades da região metropolitana de Campinas/SP, com mais de 6900 telespectadores por dia, em salas de espera de hospitais e clínicas de saúde.

Para assistir clique no vídeo abaixo:



Ele tem prazer em nos ouvir!

no dia 2 de outubro de 2015



Hoje acordei com uma voz doce. Doce como toda voz inocente, meiga e pura de uma criança pequena.

A voz dizia: “mamãe, mamãe!”.


Ainda muito sonolenta, senti um misto de ansiedade e alegria em meu coração.

JM, meu filho de 4 anos, ainda não fala e, embora não haja perspectiva médica para que venha a falar, investimos na estimulação e no trabalho do desenvolvimento de todo tipo de linguagem. Ele desenvolveu algumas estratégias para comunicar pequenas coisas como algo que quer pegar, desenho que quer assistir ou quando quer ir para a cama. No entanto, a comunicação através da fala, ainda não se manifestou.

Todas as manhãs sou acordada por seus barulhos na cama, que demostram que ele já está despertando e precisa receber cuidados.

Nesta manhã de domingo, todos ainda dormiam sem a preocupação com o despertador ajustado para os horários de trabalho e escola. Aquela doce voz me acordou e foi capaz de deixar um coração extasiado naquele corpo ainda adormecido.

Pensei que fosse o JM. Pensei que fosse o meu filho chamando por mim. Pensei mesmo que estivesse ouvindo meu pequeno chamando pelos meus cuidados. Um turbilhão de expectativas agitou minha mente e coração, pois finalmente, eu poderia ouvir a sua voz, conhecer seus desejos, suas dores e seus sentimentos…

Arregalei os olhos, respirei fundo, fiquei imóvel para que nada atrapalhasse aquele momento e percebi que a voz vinha de fora, do jardim do condomínio.

Não dormi mais. Fiquei ali, quietinha na cama e a única coisa em que conseguia pensar era no quanto Deus, o nosso Pai amoroso, também se alegra quando o chamamos. Pensava sobre o quanto Deus fica empolgado ao ouvir a nossa voz dizendo: “Pai!”, sobre o quanto Ele fica feliz em saber que estamos nos voltando a Ele para expressar nossas ansiedades, satisfações, nossos desejos e sentimentos.

Ele deseja e tem prazer em nos ouvir, mesmo já sabendo o que iremos dizer e o que estamos sentindo. Ainda que o que tenhamos para falar não seja algo bonito e agradável, mesmo que seja a confissão de pecados e sentimentos desagradáveis, Ele continua nos amando e nos querendo por perto.

Mesmo que nós sejamos as maiores beneficiárias, pois a conversa com Deus nos faz lembrar de quem nós somos (filhas amadas) diante de Deus (Pai amoroso) e nos proporciona um relacionamento mais próximo Dele. Como mães, somos capazes de ter uma pequena noção da expectativa criada no coração de Deus ao chamarmos por Ele.

"Pai, meu querido Senhor! Agradeço pela possibilidade de falar contigo e de saber que o Senhor me ouve e ainda mais, quer e gosta de me ouvir. Peço-lhe que me dê ousadia a cada dia para voltar-me a Ti expressando tudo o que há em meu coração."

Pela manhã ouvirás a minha voz, ó SENHOR; pela manhã apresentarei a Ti a minha oração, e vigiarei.  Salmo 5:3

O texto acima foi escrito em abril/2013 e hoje compartilho aqui no blog.



Neste vídeo JM parece iniciar sua "fala", foi em maio de 2013. 
Atualmente ele é não-verbal, totalmente. Continuamos trabalhando...



Palavras Certas

no dia 20 de setembro de 2015

Palavras certas no momento certo podem esclarecer a uma pessoa o propósito da sua vida.
Palavras de encorajamento para um coração ferido e desanimado podem mudar o rumo de uma vida. Podemos ser instrumentos de Deus para construir confiança e segurança em uma vida marcada pela decepção e falta de credibilidade em si mesmo.


palavras certas


Com muita frequência recebo mensagens de carinho das leitoras do meu blog. Algumas, no entanto, são verdadeiros relatos de mudança de perspectiva, de visão sobre si mesma e, consequentemente, de vida. 
São mulheres, mães, donas-de-casa que, ao acompanharem minha experiência, passam a enxergar o seu papel feminino como algo especial e importante. Passam a ver sua família e seu lar de uma forma diferente.

Mulheres que começam a cozinhar com prazer, a testar novas receitas como forma de expressarem seu amor pela família. Mães que passam a valorizar o tempo com os filhos. Esposas que mudam seu comportamento (rabugento) e passam a esperar o marido com um sorriso no rosto, palavras agradáveis. Outras que estavam prestes a deixar suas casas e “desfazer” o casamento, mas que após ler um relato no blog e uma palavra de incentivo, retomam seus relacionamentos e passam a viver com intensidade a tarefa de fazer o outro se sentir amado... Donas-de-casa que fazem seu trabalho rotineiro para o Senhor e assim capricham na organização e limpeza da casa.

São mudanças radicais e muito particulares, mas que frequentemente tocam meu coração ao serem expressas em um relato de agradecimento. São esses relatos que me impulsionam a continuar escrevendo, que me animam e muitas vezes colocam sorriso no meu rosto. São palavras de incentivo e carinho que me fazem “gastar” tempo em fotografar, editar e postar. São palavras que contam da mudança no estilo de vida e a restauração dos relacionamentos familiares como consequência, que fazem com que tudo valha a pena.

É espetacular perceber que sem ao menos saber o que se passa na vida da pessoa que está lendo ou mesmo sem imaginar os pensamentos e os sentimentos daquele coração, foi possível falar palavras que ajudaram muitas mulheres a verem algo valioso ou único sobre si mesmas que elas nunca tinham visto antes.

E é assim que podemos verificar o valor das palavras certas na hora certa. Eu escrevo no blog, muita gente lê minhas palavras e algumas delas retornam com palavras que me fazem prosseguir.

Confesso que nunca na minha vida pensei nessa possibilidade. Nunca achei possível que outras mulheres pudessem ser ajudadas através do que eu faço dentro da minha casa. Eu, uma ex-aspirante à carreira acadêmica, incentivando mulheres em suas vidas íntima do lar. Se me dissessem sobre isso há uns anos atrás eu não acreditaria.

Deus nos usa à medida em que estamos disponíveis. Se estivermos com o nosso coração conectado com o Pai, ele usará nossas palavras para dar significado para a vida de alguém, para trazer à memória aquilo que pode dar esperança. Pode ser através de um texto, de uma carta, de um bilhete, de uma mensagem no Facebook, de um torpedo ou de um simples bilhete de agradecimento.

Não sabe como simplesmente chegar com um bilhetinho na casa de alguém? Quem sabe você possa fazer um pão, comprar ou fazer uns biscoitinhos ou cookies ou ainda embalar um bolo com delicadeza e usar como desculpa para adicionar palavras de carinho na vida de alguém?

O alcance das nossas simples palavras ficam a cargo de Deus. A dimensão, talvez nem possamos saber. A nós, cabe não nos intimidar e nos permitirmos ser usadas como canal de transmissão do amor de Deus. No começo, pode ser difícil e parecer estranho, mas é só porque estamos acostumadas a ficar fechadas no nosso casulo. 


  Nunca vou me esquecer do dia em que recebi uma correspondência pelos correios que eu não esperava. Era um envelope do MOPS, com palavras de encorajamento: “Você não vai apenas liderar um grupo, você pode mudar o mundo ao seu redor com amor em ação!” Uau!

Além do carinho nos detalhes que o envelope continha, essas palavras se destacaram e ecoaram em meu coração, na certeza de que era um recado de Deus: você não pode fazer tantas coisas "grandes" (para a sociedade) que você planejou para sua vida, simplesmente porque não é o que eu quero que você faça, eu quero que você mude o mundo ao seu redor, agindo com amor.

Vamos demonstrar amor. Vamos espalhar amor através de nossas atitudes, nas coisas simples da vida, do dia a dia. 

Diga palavras encorajadoras, incentive. Agradeça por pequenos detalhes e atitudes. Vamos mostrar para as pessoas que elas são dignas de receber amor, de serem cuidadas, de serem queridas. Vamos dizer a elas que as amamos e que elas são importantes em nossas vidas.Vamos destacar uma qualidade das muitas que ela apresenta, mostrar a elas o valor e o quanto somos gratas por tê-las conhecido.

Podemos fazer isso para qualquer pessoa, pois todas elas tem igual valor e devem receber do mesmo amor que nós recebemos. Não se intimide!

Ontem fiz um bolo com calda de chocolate e usei como desculpa para dar um bilhetinho de agradecimento à encarregada pela limpeza do meu prédio. Agora peço licença a vocês e vou ali para a cozinha fazer um pão e um embrulho delicado para presentear a diretora da escola do meu filho que está fazendo aniversário. Será uma boa desculpa para lhe entregar um cartão dizendo sobre o carinho da nossa família por ela, sobre o quanto Deus a ama e o quanto somos gratos por sua dedicação.

Oro para que o Senhor dê a todas nós as palavras certas, no tempo certo, que terão um precioso valor na vida das pessoas que estão ao nosso redor.

Um abraço apertadinho.



Sorvete de doce de leite (apenas dois ingredientes)

no dia 19 de setembro de 2015


Para aqueles dias de desespero dentro de casa em busca de um docinho refrescante!

Cozinhe uma lata de leite condensado por 10 ou 15 minutos, para que você tenha um doce de leite cremoso. Espere esfriar para abrir.
Em um recipiente, misture bem o doce de leite com uma caixinha de creme de leite, até que fique um creme uniforme.
Leve para o freezer por pelo menos duas horas. Se você usar um recipiente de alumínio, será ainda mais rápido.

E, pronto! Agora você terá um sorvete super cremosinho e poderá decorar a gosto.

Variações de sabores
No creme, antes de levar ao freezer, você pode acrescentar:
1- Ameixa  preta bem picadinha.
2- Coco ralado em flocos hidratado.
3- Passas hidratadas no rum.
4- Nozes ou castanhas picadinhas

Essa é uma daquelas receitas que podem ser feitas pelos/com  nossos filhos. Aproveite para fortalecer os laços de relacionamento.




Pin It button on image hover

Organização

Vídeos

Receitas salgadas

Receitas doces