© 2016 por Alessandra Rigazzo. Criado com Wix.com

Posts Recentes

Organizando Brinquedos

22.2.2017

Vou compartilhar com você a forma como administro a ordem dos brinquedos aqui em casa. Envolve não apenas o ato de arrumar em si, mas toda uma dinâmica na forma como vivemos e entendemos as situações cotidianas. Quando temos uma postura de agir com intencionalidade, até a hora da arrumação vira brincadeira.

 

Vamos às dicas:

 

1- Descartar brinquedos quebrados (que não tem conserto) ou jogos que faltem peças.

 

2- Doar brinquedos que não são mais do interesse.

 

3- Classificar (esse é um bom exercício para crianças em idade pré-escolar) e separar por tipos e tamanhos. Por exemplo, carrinhos HW, legos, peças de encaixe grande, peças de montar, bonecas (também por tipo), etc.

 

4- Armazenar conforme a necessidade (tamanho, quantidade de peças, etc). Pode -se usar caixas plásticas, cestos de vime ou tecido, caixas de papelão encapadas com papel auto-colante ou tecido. Para pequenas peças, pode-se reutilizar potes de sorvete, por exemplo.

 

5- Etiquetar. Colocar o nome do tipo de brinquedo que deve estar dentro da caixa é uma forma de chamar a atenção da criança para a organização (cada coisa em seu lugar), bem como de treinar o reconhecimento das letras e palavras, conforme a idade. Se a criança for bem pequena, é interessante fazer a etiqueta com o nome e uma figura representativa, para que a criança possa associar.

 

6- O ideal é que os brinquedos estejam ao alcance das crianças, por isso o uso de estantes com prateleiras é bem interessante. Usei por muitos anos aquelas estantes de aço com quatro níveis.. O Pedro, mesmo pequenino, sabia onde guardar cada peça. E também sabia onde encontrar cada brinquedo que lhe interessasse..

 

7- Para que o item 6 dê certo, é preciso ensinar a criança a brincar, sentar-se no chão e brincar junto com ela e, quando der o tempo, dizer "agora é a hora da arrumação". Mas, não dizer isso como um peso e sim como parte da brincadeira.

 

8- Algo que acho importante para crianças que têm muitos brinquedos, é o rodízio. Deixe alguns brinquedos ao alcance da criança e outros guardados. Dias depois, troque alguns deles. Assim, a criança sempre terá uma novidade, mesmo que já conheça todos eles. Se todos ficarem ali todos os dias, fica cansativo, perde-se o interesse e a concentração na atividade.

 

9- Combine as regras de uso e de organização.

 

 

 

Peças pequenas em potes de sorvete

 

Potes etiquetados

Animais grandes (e de todas as espécies!) em caixa grande

 
 Cartinhas (Trunfo, Uno, ...)

 

 Brinquedos diversos

 

 

Bolas da piscina de bolinhas (que no momento está desmontada)

 

 

Pistas Hot Whells na gaveta

 

 

Jogos de tabuleiro

 

 

O armário de brinquedos é o antigo guarda-roupas, de quando o Pedro era bebê.

Só fica de fora o que realmente não cabe lá dentro e uma caixa de brinquedinhos do JM que fica no chão.

 

Este é o quartinho de brinquedos, TV, vídeo-game, etc...como a órtese do JM tem partes de metal que riscam o chão, coloquei um tapete de EVA, lindo, colorido e cheio de peças de montar e...DESMONTAR! Não deu certo, pois em 5 minutos JM desmontava tudo e ficava perigoso tropeçar, então comprei uma placa fininha de EVA para deixar como tapete (preserva o chão e não acumula poeira).

 

A última dica que quero deixar é: tenha um cesto disponível para juntar brinquedos eventualmente espalhados pela casa. Fica fácil da própria criança participar desta parte da arrumação ainda que ela não tenha condições de organizar tudo sozinha.

 

Espero que você possa aproveitar alguma dica!

 

15.02.2012

 

 

Compartilhar no Facebook
Twitter
Curtir
Please reload

Recentes

December 9, 2018

August 24, 2018

Please reload

Arquivo
Please reload

  • Facebook Basic Square
  • Snapchat Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • Twitter Basic Square

Alessandra Rigazzo

Intencional até nas pequenas coisas