© 2016 por Alessandra Rigazzo. Criado com Wix.com

Posts Recentes

Porque planejar as refeições

10.12.2017

 

 

 

 

O motivo pelo qual comecei a elaborar o plano de refeições semanais da minha família, foi a necessidade de organização.  Sentia-me “empacada” sempre que estava próximo da hora do almoço ou jantar. Sentia-me atrapalhada e parecia que todo o meu dia ficava travado, pois quando era a hora do preparo, a carne ainda estava congelada, o grão não estava de molho, faltava ingrediente...  Com o plano de refeições preparado para cada semana, sei o que será feito, que ações precisam ser antecipadas e, assim, consigo organizar também meus outros afazeres.

 

Ao decidir com antecedência, de forma planejada, conseguimos ser diretas e com isso poupar tempo. Quando estou sob pressão, não funciono direito. Se tenho que pensar, decidir, organizar, tudo em cima da hora, não consigo fazer nada como acredito que deve ter feito. Já com o plano traçado, sei qual caminho percorrer para o objetivo que pretendo alcançar e sigo direto para o alvo.

 

Planejar nos leva a comprar o que realmente é necessário, evitando o desperdício. E também nos ajuda a ter a despensa sob controle. Começar a preparar uma receita e perceber que falta ingrediente é desanimador! Costumo aproveitar as promoções e, a partir delas, elaborar o plano de refeições.

 

Algo em que eu não havia pensado inicialmente, mas que veio como consequência da programação, foi a melhoria na qualidade das refeições, ou seja, uma alimentação saudável. Com a pressa acaba-se por usar alimentos ultra processados, fazendo fritura, por ser uma forma rápida, se esquece dos legumes que acabam se estragando no fundo da geladeira, e quando olha para o prato pronto percebe que está tudo da mesma cor e, portanto, desequilibrado. Quando você planeja, é possível balancear e variar os tipos de alimentos e a forma como serão preparados. Conseguimos aproveitar todos os legumes em diferentes formas e fazemos um prato colorido, bem equilibrado e saudável.

 

A variedade de pratos é outra vantagem. Quando paramos para pensar na refeição que iremos oferecer para nossa família (e vejo isso como um ato de amor), começamos a fazer pratos variados em sabores e também em sua apresentação. Por exemplo, gosto de colocar uma massa no meio da semana. Em uma semana, pode ser espaguete à bolonhesa, na outra semana, pode ser gravatinhas com atum. Percebe? Não fica o mesmo macarrão toda semana. Começamos a exercitar a nossa criatividade, inventamos e/ou pesquisamos novas receitas. Com isso, passamos a apreciar novos sabores e a ensinar nossos filhos a comerem um pouco de tudo o que faz bem.

 

Quero incentivar você a montar o plano semanal de refeição adequado à sua família. Pense no que vocês gostam de comer, pesquise os legumes e verduras de cada época, pesquise preços, aprenda novas receitas, convide os membros da família para colaborarem com você nessa tarefa.

 

O meu livro "Meu plano perfeito", publicado pela editora Thomas Nelson Brasil oferece páginas de: sugestões variadas de pratos para uma refeição, um plano mensal de refeições (4 semanas!) com sugestões de pratos principais, acompanhamentos, saladas, sobremesas e bolos. Além de uma sessão livre para que você monte seu próprio plano. 

 

Alguma dúvida? Entre em contato comigo.

 

 

Compartilhar no Facebook
Twitter
Curtir
Please reload

Recentes

December 9, 2018

August 24, 2018

Please reload

Arquivo
Please reload

  • Facebook Basic Square
  • Snapchat Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • Twitter Basic Square

Alessandra Rigazzo

Intencional até nas pequenas coisas