© 2016 por Alessandra Rigazzo. Criado com Wix.com

Posts Recentes

Ele tem prazer em nos ouvir

6.12.2018

Hoje acordei com uma voz doce. Doce como toda voz inocente, meiga e pura de uma criança pequena. 

 

A voz dizia: “mamãe, mamãe!”.


Ainda muito sonolenta, senti um misto de ansiedade e alegria em meu coração.

 

JM, meu filho de 4 anos, ainda não fala e, embora não haja perspectiva médica para que venha a falar, investimos na estimulação e no trabalho do desenvolvimento de todo tipo de linguagem. Ele desenvolveu algumas estratégias para comunicar pequenas coisas como algo que quer pegar, desenho que quer assistir ou quando quer ir para a cama. No entanto, a comunicação através da fala, ainda não se manifestou.

 

Todas as manhãs sou acordada por seus barulhos na cama, que demostram que ele já está despertando e precisa receber cuidados.

 

Nesta manhã de domingo, todos ainda dormiam sem a preocupação com o despertador ajustado para os horários de trabalho e escola. Aquela doce voz me acordou e foi capaz de deixar um coração extasiado naquele corpo ainda adormecido.

 

Pensei que fosse o JM. Pensei que fosse o meu filho chamando por mim. Pensei mesmo que estivesse ouvindo meu pequeno chamando pelos meus cuidados. Um turbilhão de expectativas agitou minha mente e coração, pois finalmente, eu poderia ouvir a sua voz, conhecer seus desejos, suas dores e seus sentimentos…

 

Arregalei os olhos, respirei fundo, fiquei imóvel para que nada atrapalhasse aquele momento e percebi que a voz vinha de fora, do jardim do condomínio. 

 

Não dormi mais. Fiquei ali, quietinha na cama e a única coisa em que conseguia pensar era no quanto Deus, o nosso Pai amoroso, também se alegra quando o chamamos. Pensava sobre o quanto Deus fica empolgado ao ouvir a nossa voz dizendo: “Pai!”, sobre o quanto Ele fica feliz em saber que estamos nos voltando a Ele para expressar nossas ansiedades, satisfações, nossos desejos e sentimentos.

 

Ele deseja e tem prazer em nos ouvir, mesmo já sabendo o que iremos dizer e o que estamos sentindo. Ainda que o que tenhamos para falar não seja algo bonito e agradável, mesmo que seja a confissão de pecados e sentimentos desagradáveis, Ele continua nos amando e nos querendo por perto.

 

Mesmo que nós sejamos as maiores beneficiárias, pois a conversa com Deus nos faz lembrar de quem nós somos (filhas amadas) diante de Deus (Pai amoroso) e nos proporciona um relacionamento mais próximo Dele. Como mães, somos capazes de ter uma pequena noção da expectativa criada no coração de Deus ao chamarmos por Ele.

 

"Pai, meu querido Senhor! Agradeço pela possibilidade de falar contigo e de saber que o Senhor me ouve e ainda mais, quer e gosta de me ouvir. Peço-lhe que me dê ousadia a cada dia para voltar-me a Ti expressando tudo o que há em meu coração."

 

Pela manhã ouvirás a minha voz, ó SENHOR; pela manhã apresentarei a Ti a minha oração, e vigiarei.  Salmo 5:3


O texto acima foi escrito em abril/2013 e o vídeo vídeo abaixo é de maio/2013.

JM ainda não fala, hoje tem 10 anos.

 

 

 

Compartilhar no Facebook
Twitter
Curtir
Please reload

Recentes

December 9, 2018

August 24, 2018

Please reload

Arquivo
Please reload

  • Facebook Basic Square
  • Snapchat Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • Twitter Basic Square

Alessandra Rigazzo

Intencional até nas pequenas coisas